Enfim, pronto!

Ufa, já estava chegando no meu limite, isso que o meu TCC não era nem uma monografia – que exige muito mais do vivente -, e sim um artigo, pequeno, enxuto e prático.  Seja o que for, segue, abaixo, o resultado da última gota de suor: o resumo.

Dilúvio: visões sobre um arroio

O arroio Dilúvio é um curso d’água que abriga uma série de seres vivos em seus 17,6 km de extensão. Parte significativa desse curso é acompanhado pela avenida Ipiranga, grande via de trânsito de Porto Alegre. Este trabalho dedica-se a conhecer e discutir os modos como as pessoas narram o Dilúvio, visto que, apesar da intensa circulação em seu entorno, grande parte dos transeuntes parece ignorar a importância desse ambiente. Para tal, utilizei o método de pesquisa qualitativa, entrevistando, com o auxílio de fotografias do Dilúvio, trabalhadores e habitantes de suas proximidades; investiguei também como este arroio é retratado por jornais de grande circulação da cidade desde 1970. Os relatos obtidos foram interpretados à luz de conceitos e visões de natureza apresentados pelos campos da Filosofia e da História da Ciência.

Quem se pilhar, pode conferir a apresentação dia 02/12 (quarta-feira), às 14hs no Auditório da Botânica- Campus do Vale/UFRGS.

Até lá!

Foto e texto: Thais Brandão
Anúncios

Criacionismo em xeque na UFRGS

Dois filmes de exibição rara e que não constam em locadoras brasileiras serão exibidos na semana que vem, na sala Redenção – dentro do campus do centro da UFRGS. As duas produções imperdíveis fazem parte do Simpósio Darwin 200 anos: as falácias do Criacionismo, promovido pelo Instituto de Biociências da univesidade. Depois das sessões, haverá comentário dos professores Aldo Mellender Araújo, Renato Zamora Flores e Jorge Quillfeldt. Te liga nas datas, horários e sinopses:

O julgamento do macaco (20 de outubro, terça-feira, às 09h da manhã):  clássico estrelando Spencer Tracy, Fredric March, Gene Kelly e Dick York, dirigido por Stanley Kramer: envolvente dramatização do julgamento do prof. John Scopes, ocorrido em 1925, condenado por ensinar as idéias de Darwin aos seus alunos. Titulo original: Inherit the Wind. Ano de lançamento: 1960.

Um bando de dodôs (22 de outubro, quinta-feira, às 09h da manhã): documentário bem-humorado dirigido pelo biólogo e cineasta Randy Olson que aborda o argumento criacionista conhecido como “desenho inteligente” (Inteligent Design); o filme foi legendado pelo Coletivo Ácido Cético com o apoio do próprio diretor. Título original: Flock of Dodos. Ano de lançamento: 2006.

Os dois títulos serão exibidos na Sala Redenção (campus centro da UFRGS). Te vemos lá!

Texto: Ale Lucchese