Pequeno conto

Tiro dentre as páginas do caderno a folha da goiabeira – nervuras agora aparentes formam ondulações e pequenos caroços. Ainda há um pouco do verde intenso de quando a recolhi, pouco antes de nos guardarmos na barraca. A madrugada avançou congelando pingos e escovas de dente. Sobre a fórmica da cozinha, a folha recorda que nenhum conforto se compara ao calor daqueles precários dias de amor e geada.

Texto: Ale Lucchese
Anúncios

3 comentários sobre “Pequeno conto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s