Água pra tudo quanto é lado!

Em 2006, os últimos e mais bem preservados  fragmentos de Floresta Ombrófila Mista do Estado de Santa Catarina (8.140 hectares de floresta primária e campos naturais) foram parar embaixo d’água.  O Ibama que deveria fiscalizar proteger a fauna e a flora brasileira entrou na maracutaia:  não contestou a licença de operação do empreendimento, que omitia a existência desses remanescentes de Floresta com Araucária com importantes populações naturais de espécies ameaçadas de extinção (protegidas por lei), permitindo assim a supressão da mata e posterior alagamento da área  para a construção da Usina Hidrelétrica de Barra Grande.  Com todo mundo com a mão bem molhada, ao legítimo “jeitinho brasileiro”, ficou fácil dizer o que não era a verdade (traduzindo: mentindo descaradamente). Só os bichos e as plantas da região é que ainda estão demorando pra se acostumar com tanto aguaceiro.

Barra Grande-2

Barra Grande-3

Barra Grande-5

Barra Grande-7

Barra Grande-6

Barra Grande-9

Barra Grande-10

Fotos e texto: Thais Brandão (Campo Belo do Sul (SC), novembro/2008)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s