Holga

Posto hoje aqui três imagens que fiz com um dos meus primeiros filmes com a máquina Holga – uma câmerazinha chinesa toda de plástico que tem o dom de demonstrar o sonho cotidiano dos sonâmbulos.

O filme é um 120mm preto e branco – Fuji Neopan Acros, iso 100. O processo de digitalização foi uma gambiarra que fiz fotografando com uma câmera digital os negativos frente à tela do computador, com todas as luzes apagadas. Aí joguei tudo no photoshop, inverti as cores, fiz os cortes necessários e – voilá! – taí o resultado. Não presta para ampliações, é demorado e chato, mas sacia a curiosidade. Aceito doações de scanner.

fios

canyon

unga

Texto e fotos: Ale Lucchese
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s