Estrangeiros entrevistam Humberto Gessinger

gessinger

Humberto Gessinger de alguma forma está por trás deste blog. Tudo começa quando em alguma esquina do acaso a gente topa com uma canção e descobre que – sim! – mais alguém sente a mesma estrangeirice que você e, além disso, consegue fazer a vida girar em torno dela. Entrar no palco impregnado sempre pelo mesmo brilho, apesar da batalha diária e autônoma de levantar e sempre revigorar seu nome como músico e  compositor é algo que não nos deixa esquecer o quanto é importante acreditar nas nossas visões e batalhar por elas.

Mas esse Humberto do parágrafo acima vocês todos conhecem. Fomos até ele para descobri outras facetas do eterno alemão-dos-Engeheiros-do-Hawaii. O resultado desmitifica o trabalho de músico estradeiro e apresenta um fotógrafo amador preocupado em não espantar as cenas com sua câmera.

Muitos músicos dizem que para uma banda perseverar é fundamental gostar de viajar, de pegar a estrada. Essa vontade de estar em trânsito te influenciou na hora de montar uma banda como a Engenheiros do Hawaii, ou o duo Pouca Vogal?

Viajar é preciso. Daí para gostar de viajar, já vai uma distância. Antes das bandas eu tinha viajado muito pouco. Prefiro chegar nas cidades à noite, no ônibus da banda. Chegando de avião, me sinto turista ou executivo. Chegando de madrugada , no ônibus, me sinto Clint Eastwood numa cidade deserta de bangue bangue.

Como figura pública, talvez seja difícil curtir os lugares que visita em virtude do assédio dos fãs – em muito lugares tua presença pode ser um ‘acontecimento’ que transforma a rotina habitual. Como é conviver com isso? Isso não colabora para que um trabalho que te daria liberdade para conhecer pessoas e lugares acabe na verdade fazendo com que tu fique mais recluso?

É, o observador acaba transformando o objeto. Mas há outras formas de absorver as características locais. As reações ao show são um bom indicativo de como uma cidade é.

Com tanto tempo na estrada a trabalho, curte ainda viajar só para relaxar?

Para mim, férias é estar longe de aeroportos e hotéis.

Gosta de registrar as viagens em fotos? E teu cotidiano? Que tipo de equipamento fotográfico usa?

A câmera tem que ser invisível, ou seja, um celular. Andar com máquina fotográfica parece que espanta as coisas interessantes. Com celular, a gente engana o destino. Tá sempre ali e nunca está. Só a Sony Ericsson tem feito celulares levando a foto em consideração. São os únicos com flash e resolução alta.

Você se sente um estrangeiro?

Viajando, não. Viajando, a estrangeirice é normal, sem estranhamento. Em Porto Alegre, me sinto. Nenhuma ilha do oriente é tão exótica quanto a esquina da tua casa, sempre igual, sempre outra.

Texto: Ale Lucchese
Foto: arquivo pessoal de Humberto Gessinger
Anúncios

12 comentários sobre “Estrangeiros entrevistam Humberto Gessinger

  1. “Nenhuma ilha do oriente é tão exótica quanto a esquina da tua casa, sempre igual, sempre outra.”

    Mais uma de suas frases geniais. Humberto Gesinger é a pessoa mais extraordinária do universo.

  2. Sempre genial,viva o Humberto Gessinger!

    “Para mim, férias é estar longe de aeroportos e hotéis.”

    As férias é viver fora da rotina,se a rotina dele é essa,então ele gosta de mudar nas férias,mas será que ele foge da genialidade nas férias?

  3. Nenhuma ilha do oriente é tão exótica quanto a esquina da tua casa, sempre igual, sempre outra.
    Há sempre uma coisa nova pra ver ou encontrar no mesmo lugar que voce vai diversas vezes.
    Esse Humberto é o cara que mais admiro no meio artistico pela sua inteligencia e genialidade.
    Saudades do Engenheiros do Hawaii em Recife (Ve se aparece).

  4. Sempre Humberto…respostas originais….nunca vai ser visto uma entrevista igual a dele. Uma coisa eu sei, ele é imbativel compondo…
    valeu!! Sucesso.

  5. Não me canso de ouvir e elogiar o trabalho de HG. Há quem diz que não entende o que ele canta, então jamais entenderá as respostas dadas nessa entrevista. Que vc continue sempre esse cara fantástico que tu és. Sucessos !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s