Três haikais

……………………..……………………..………………….a neblina espia
……………………..……………………..………………….cinzas que eram grimpas
……………………..……………………..………………….dedos sujos de pinhão
.

……………………..………………….deita no meu peito
……………………..………………….o suor desses cabelos
……………………..………………….foda-se o calor

.

………………….há três dias cinzas
………………….umidade entorta folhas
………………….de papel em branco
.

O haikai materializa o presente, tal como um intantâneo fotográfico. As estações do ano, os ciclos, as conexões com o natural e o eterno vão se revelando nessa prática. Mais do que escrever, o haikai é um exercício de simplicidade e atenção.

Texto e haikais: Ale Lucchese
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s