Os formandos

Se tivesse de comemorar alguma coisa hoje, escolheria o modo como nos acostumamos a viver em crise. Para os que sabem do que estou falando, notícias como “o mundo está em crise” poderiam ser verdadeiros bálsamos, como se algum deus tivesse proclamado “agora é hora de fazer uma terapia de grupo”. Ainda acreditamos em milagres, mas não dessa ordem.

Os Estrangeiros não estão com a mínima vontade de abrir seu caminho a cotoveladas, machadadas, chutes ou pontapés. Já gostamos mais desse negócio de levantar a foice e seguir em frente. Mas na real, isso também é um saco. Foda-se. Até Marçal Aquino deve estar com azia em meio a tanta maldição.

Hoje seria o dia da minha formatura em jornalismo.  Não subirei no palco pegar o canudo, mas encontrarei lá os amigos, e isso vai ser bom. Estamos todos meio tontos: esta vai ser a primeira geração que terá um padrão de vida inferior ao das gerações anteriores. É um tanto estranho lidar com isso, já que acumulação e acomodação viraram valores em si. Por este padrão, é incompatível ter menos e se sentir feliz. Mas acredito que estamos todos inusitadamente felizes.

Sorrir, daqui para a frente, será um ato subversivo. Já é. Estou cheio de trabalhos para vender como free-lance, estou trabalhando em um livro que está me comendo os cabelos, as unhas e o tempo, estou abrindo uma empresa e bordando camisetas. E não tenho a mínima certeza de que isso ainda irá me salvar no fim de cada mês. Mas a incerteza é a garantia de que estamos fazendo algo novo. É essa incerteza que deve nos deixar tranquilos. No fim, é a incerteza que nos salva.

Texto: Ale Lucchese
Anúncios

2 comentários sobre “Os formandos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s